Dicas para viver uma vida de amor ao próximo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Em meio a tanta correria no dia a dia, muitas vezes não tiramos o tempo necessário para prestar atenção no que nos rodeia. Saímos de casa correndo pelas manhãs, para chegar a tempo no trabalho.

Durante o dia, o pensamento está nos afazeres, nas metas, no tempo hábil para a realização de cada tarefa, seja ela pequena ou grande.

No final da tarde, muitos vão para casa, pois lá estão à sua espera a esposa ou marido, filhos e o animal de estimação. Outros vão para a academia, para um curso de línguas noturno, jantar na casa de um amigo que não vê a há tempos, etc.

No final do dia, a cama é o lugar mais aguardado para estar deixando ali todo o estresse e as preocupações, tentando descansar para um novo dia cheio de surpresas que está por vir.

Podemos dizer que, de nada adianta uma semana produtiva, um mês rentável ou um ano repleto de realizações profissionais, por exemplo, sem que o coração esteja aberto e pronto para ajudar ao próximo.

Pensar somente em si mesmo e nas coisas que são apenas do seu interesse é a pior maneira de se viver. O egocentrismo não é, mas deveria ser considerado o mal do século.

Ao contrário do que alguns pensam, amar ao próximo e designar tempo para olhar para o mesmo é mais simples do que se pensa. São as pequenas ações que fazem a diferença, sendo que todas elas podem ser feitas por qualquer ser humano que possua um coração e um cérebro.

Esse coração, contudo, deve estar cheio de solidariedade e compaixão. Já o cérebro, é responsável por abrir o pensamento, respeitar os outros e a si mesmo.

Para viver uma vida de amor ao próximo, é preciso:

– Respeitar as diferenças e entender que, diferente de você, o outro pode escolher viver como ele quiser, desde que para isso ele não passe por cima de nada e nem ninguém;

– Refletir sobre a frase: “Eu gostaria que fizessem comigo, o que eu estou fazendo com os demais? ” Esse pensamento é eficaz, no sentido de que, ao nos colocarmos no lugar de outra pessoa, sentimos o que ela sente e sabemos se aquela atitude está correta ou não;

– Pensar coletivamente quando há mais do que duas pessoas no ambiente. Sempre é possível achar um meio termo, algo que contente a maioria, que não penda para apenas um lado da história.

Na prática, podemos exemplificar essas reflexões em alguns atos recorrentes, como não machucar os animais, pedir desculpas, agradecer o máximo de vezes possíveis por dia, usar um tom de voz amigável com as pessoas, ser sincero e não trair.

Além de ajudar alguém querido que está passando por dificuldades, estender a mão a quem precisa, fazer uma visita aos avós e ter paciência com eles, adotar uma criança, fazer trabalho voluntário, doar sangue, roupas, brinquedos…

Enfim, a lista de “pequenas grandes” atitudes é infinita. Basta prestar atenção no entorno e você, certamente, saberá o que fazer!

Batom Matte Anna Pegova - Rouge Mat - NUDE - 4g - Nude - 4g Nude
Quickview
Batom Matte Anna Pegova – Rouge Mat – NUDE – 4g – Nude – 4g Nude (Entregue por Anna Pegova)
Relacionado
Date28/11/2018 Category Tags
R$57,00
Corretivo Iluminador - Correcteur Éclat HD Anna Pegova - Iluminador - 5g Iluminador
Quickview
Corretivo Iluminador – Correcteur Éclat HD Anna Pegova – Iluminador – 5g Iluminador (Entregue por Anna Pegova)
Relacionado
Sales0 Date28/11/2018 Category Tags
R$78,00